Uncategorized

3 frases para recuperar seu amor próprio, em apenas 3 minutos

Home “bem-Estar” Bons hábitos ” 3 frases para recuperar seu amor próprio, em apenas 3 minutos Valeria Sabater· 3 dezembro, 2018

Temos de admitir que, às vezes, deixamos nosso amor-próprio em bolsos alheios, nas tubulações do descuido e da rede de uma baixa auto-estima. Isto pode fazer-nos esquecer o que vale a pena, e merecemos.

É verdade que esta dimensão psicológica afunda suas raízes na infância e em todas essas experiências anteriores que determinaram parte de nossa personalidade.

Não obstante, temos de entender que, no que se refere ao amor próprio, é recomendável atendê-lo diariamente. Devemos investir nele de forma constante, sem o negligenciar jamais.

Não se trata, tampouco, de “esboço” até o extremo. Caso contrário, poderia resultar em esses comportamentos narcisistas ou no mais extremo egoísmo.

Trata-Se apenas de ser hábeis, sábios e intuitivos para saber onde estão os nossos limites. Devemos também saber onde estão os nossos direitos e, por sua vez, os direitos dos outros.

Apresente o seu amor-próprio, como uma delicada jóia de vidro. Entende que, quanto mais brilho dê a ele, mais bonita será e mais se inspirar.

No entanto, há dois aspectos que você deve cuidar desta jóia preciosa: não deixe ninguém e não deixe que a quebra.

Em seguida, oferecemos 3 frases que refletir. Pode que permitem atender a essa pedra preciosa como você merece.

Você deve interiorizar essas idéias para que, dia a dia, para lhe dar a força de que necessita. Assim, pode ser que sejam como uma injeção de energia que , em apenas 3 minutos você vai lembrar onde é que está o seu norte, a sua auto-estima.

1. “Deixar-me o que eu mereço não é egoísmo, é salvaguardar o meu amor-próprio”

mulher

Algo que é curioso no nosso dia-a-dia é a propalado frase “você tem que amar mais, porque do contrário ninguém se respeita”.

Às vezes, por fim, damos o passo e começamos a olhar um pouco mais por nós mesmos. No entanto, algo acontece: não faltaquem nos diz que mudamos, que nos tornamos egoístas.

Bem, temos que entender que do amor próprio, o egoísmo, há toda uma escala de graus. Uma pessoa madura e equilibrada, não a ultrapassa, mas que a conhece e controla.

Esse apreço por si mesmo que, às vezes, negligenciá-lo durante muito tempo é um aspecto que socialmente não é bem visto.

Dizer em um dado momento, “não, eu não quero ficar com você, porque eu preciso passar a noite sozinho, andando e pensando em minhas coisas” pode ser, para muitos, algo estranho. Até pode ser que se qualifique como falta de cortesia e até mesmo uma falta de respeito.

Permitir-lhe o que merece e necessita, em um dado momento, nunca será egoísmo.

Ainda mais, quem o entenda, deste modo, não será um bom amigo. As melhores amizades, os familiares mais queridos, são aqueles capazes de simpatizar conosco, de nos entender e respeitar nossas decisões.

2. “Devo colocar limites para proteger a minha dignidade, a minha identidade, a minha preciosa essência pessoal”

mulheres dançando

Há quem anda pelo mundo sem ter uma barreira de proteção, um filtro e um muro contra o que faz mal, o que vulnera, o que desintegra a auto-estima. Assim, dará passo a tudo o que a vida e o destino queiram oferecer, tanto para o bem como para o mal.

Assim… E se nos tornamos algo mais seletivos? E, se nos decidimos a ser mais sábios e ficar só com o que é bom?

Leia também:  3 causas da ansiedade pela comida que você deve saber — se Melhor com Saúde

Isso também não será um ato de egoísmo. De fato, pode ser um passo fabuloso para uma adequada saúde mental e emocional, para um bem-estar que reverterá diretamente no seu equilíbrio físico.

Não hesite em colocar barreiras e barreiras para aqueles que lhe trazem desconforto, chantagens, manipulações…

Ganhar em qualidade de vida pode ser muito mais fácil se começarmos a colocar limites.

3. “Meu amor próprio tem um preço muito alto e não suporta saldos”

mulher com borboletas

O amor próprio é algo mais do que um sentido de auto-proteção. Não se trata apenas de saber estabelecer um limite entre o meu e o teu, de proteger essa pedra preciosa de que falávamos ao início…

O amor próprio é a nossa dignidade, é essa essência inviolável e distintiva que conforma o que somos. Também se relaciona com a forma como nos percebemos e a força que há em nós. Isso nos permite encarar as dificuldades, alcançar o que sonhamos e criar uma realidade de acordo com a nossa personalidade.

Não é fácil conseguir tudo isso. Devemos entender também que o amor próprio está sempre em contínuo crescimento. Às vezes se enfraquece, adoece ou nos arrebatam.

Outras vezes nos esquecemos de comer. E é esta dimensão precisa de frescura, novidades, novos conhecimentos, novas amizades, perspectivas e experiências.

Compreende-se, portanto, que seu amor-próprio tem um preço muito alto. Não ofereças a ninguém, é teu. Este se serve, também, para poder dar aos outros o mesmo que te oferece a você: respeito, carinho, uma boa convivência e harmonia.

Imagem principal, cortesia da © wikiHow.com

Diferenças entre amor saudável e tóxicoHay grandes diferenças entre um amor saudável e um tóxico. No entanto, devido às emoções, às vezes somos confundidos. Saiba como identificá-lo. Ler mais “Bibliografia Valeria Sabater

Leia também:  3 formas de prepararem — se Melhor com Saúde

Licenciada em Psicologia pela Universidade de Valência , no ano de 2004. Mestrado em Segurança e Saúde no trabalho em 2005 e Mestrado em Mental System Management: neurocreatividad, inovação e sexto sentido em 2016 (Universidade de Valência). Número de colegiada CV14913. Fez o curso Nutrição e obesidade: controle de excesso de peso,oferecido pela Universidade Nacional Autônoma do México (UNAM). Estudante de Antropologia Social e Cultural pela UNED.

Valeria Sabater tem trabalhado na área da psicologia social, escolhendo e formando pessoal. A partir de 2008 exerce como formadora de psicologiae inteligência emocional em centros de ensino médio e oferece apoio psicopedagógico a crianças com problemas do desenvolvimento e aprendizagem. Além disso, é escritora e conta com diversos prémios literários.

Ler mais

error: Esse conteúdo é Protegido