Uncategorized

3 formas de diminuir a papada e tonificar o pescoço — o Melhor com Saúde

De acordo com o Dicionário da língua portuguesa, a papada é o “núcleo carnoso que se forma debaixo do queixo ou entre ela e o pescoço”. É motivo de insatisfação para muitas pessoas, poisafeta tanto a homens como a mulheres.Costuma aparecer na idade adulta.

Normalmente, o que se relaciona com problemas de saúde, como a obesidade e o excesso de peso.Também é associada a maus hábitos como o sedentarismo, o tabagismo e a má alimentação. Mas, por que aparece?

A origem da brânquia é diferente. Você pode responder a causas genéticas, hormonais ou, simplesmente, ser uma consequência mais do envelhecimento.

Os níveis de gordura de uma pessoa entre os 28 e 30 anos são relativamente baixos. Sobre tudo, se os compara com os de outra de maior idade. Quando se cruza o limiar de 30 anos, não só tendem a acumular mais gordura, mas a sua distribuição no corpo é diferente.

Esta tendência vai acentuando conforme vão passando os anos, como se confirma nesta pesquisa.Isso acontece, em parte, por alterações hormonais que vivenciamos em cada fase de nosso ciclo vital.Como se disse antes, isso é algo que afecta tanto homens como mulheres.

É então quandoa gordura começa a acumular-se em determinadas partes do corpo. É a isso a que se chama comumente “gordura localizada”. A papada é uma de suas manifestações.

Outras zonas do corpo onde tende a acumular-se na gordura são o abdômen, as pernas, as costas e os glúteos. Deve saber, contudo, que estas não são as únicas áreas do corpo que podem ser afetadas.

Eliminar a gordura da papada é tão difícil como qualquer outra área do corpo onde se acumulou.Como isso pode ter relação com a genética de cada pessoa, até pode ser que os esforços não tenham os resultados esperados.

Leia também:  3 receitas com cogumelos de poucas calorias — o Melhor com Saúde

Muitas pessoas foram vítimas de excesso de peso ou obesidade. Algumas delas perderam muitos desses quilos a mais, graças à dieta e ao exercício. É frequente, no entanto, que se esqueça de incluir uma operação específica que ajude a reduzir a papada.Isso faz com que o rosto dessas pessoas se veja menos magro do que outras áreas do corpo.

O que fazer, então, para reduzir e, até mesmo, prevenir a papada? O principal em qualquer caso é informar-nos com um nutricionista e um dermatologista sobre o plano de ação mais adequado para as nossas necessidades e objetivos.

Uma vez que tenhamos o diagnóstico profissional, é claro que devemos seguir o seu tratamento e não substituí-lo por qualquer remédio caseiro. Tendo em conta esta precaução fundamental, eis algumas chaves que podem ser de muita utilidade para atingir este objetivo:

1. Evitar a retenção de líquidos

Retenção de liquidos

O consumo de álcool, açúcar e sal em excesso pode estar relacionado com o aparecimento da papada, mas não há suficiente evidência científica a respeito. Estas substâncias não só fazem com que se aumente o tecido adiposo, mas que são causa de que retengamos líquido.

Quando o organismo não elimina todo o líquido que deve ser, o nosso corpo incha. Daí a importância de evitar o consumo excessivo desses produtos.A par, deve-se aumentar o consumo de água. Isso nos garantirá uma boa hidratação.

Um corpo desidratado é mais propenso a retenção de líquidos. Se o líquido não é eliminado, não eliminamos as substâncias tóxicas que, em condições normais, seriam expulsas pela urina ou pelo suor.

Leia também:  3 plantas medicinais para tratar o cotovelo de tenista

2. Tratar qualquer tipo de intolerância alimentar

As pessoas intolerantes ao glúten ou que sofrem de síndrome do intestino irritável podem ter um maior risco de ter um queixo duplo (não está comprovado cientificamente, de todos os modos). A distensão é um indicador de que algo não anda bem no nosso sistema digestivo.

Segundo a Fundação Internacional para os Distúrbios Gastrointestinais Funcionais, não se sabe com exatidão a causa da inflamação. No entanto, o acúmulo de gases no intestino sim parece ter muito a ver com a intolerância alimentar.

Disso,infere-se que tratar as intolerâncias alimentares podem contribuir para diminuir os riscos de ter um queixo duplo. No entanto, como afirmamos, não há evidências que sustentem essa afirmação.

3. Exercícios para reduzir a papada

Com base nas recomendações anteriores, poderia seguir um plano de exercícios ajuda a tonificar os músculos do pescoço, que são muitos. Este poderia representar um bom recurso para reduzir a gordura acumulada nessa área.

Não só evitará, assim, chegar ao extremo da cirurgia, mas que te pode ajudar, inclusive, a prevenir o seu aparecimento. Recomendamos que consulte um fisioterapeuta ou um profissional de atividade física antes de levá-los a cabo.

Dinâmicas

  • Para começar, você deve mover a cabeça para um dos lados.Mantenha essa posição, enquanto você pode tocar com a ponta da língua no palato. Faça 10 ou 15 repetições. Depois, mude de lado e faça o mesmo exercício.
  • Deite-se de barriga para cima e relaxa os músculos do rosto. Então, é flexionar a cabeça até que o queixo tocar o peito. Realiza uma série de 10 repetições. Com o passar do tempo, vê aumentándolas gradualmente até chegar a 50 repetições.
  • Sente-se em uma cadeira e senta de costas firmemente contra o espaldar. Em seguida, gire a cabeça para trás, de modo que fique olhando para o teto. Mantendo esta posição, tenta esticar a cabeça para frente, como se você quisesse dar-lhe um beijo ao teto. Faça várias repetições e descanse.
Leia também:  3 receitas que você pode fazer com batatas — se Melhor com Saúde

Para conseguir bons resultados, é importante ser consistente com a realização destes exercícios simples. Tenha paciência, pois os resultados não serão imediatos. Finalmente, lembre-se que a cirurgia deve ser sempre o último recurso a que recorrer.

Papada: Três remédios milagrosos que não conocíasEn neste artigo, apresentamos três remédios naturais surpreendentes que irão ajudá-lo a eliminar a papada somente com um pouco de perseverança. Ler mais “

error: Esse conteúdo é Protegido