Saúde Doenças

3 dicas para a cirrose que todo paciente deve seguir

A cirrose é uma doença hepática crônica e irreversível que pode afetar a nossa qualidade de vida. Por este motivo, atender aos seguintes dicas para a cirrose pode nos ajudar a lidar com esta condição seja muito mais fácil e simples para nós.

Esta doença é causada devido às agressões repetidas que sofreu o nosso fígado. Por exemplo, se você consumir muito álcool durante um longo período de tempo ou a maior parte de nossa vida, isso lesionará os tecidos de nosso fígado, formando o que se conhece como fibrose.

A fibrose faz com que com o tempo surge a cirrose. A passagem do tempo faz com que o fígado se endureça e se encolha, mas pode melhorar a sua condição, se se elimina a causa. Embora a cirrose não vá mais, sim, é certo que isto não significa que a doença seja reversível.

Dicas para a cirrose

É necessário que tenhamos em conta algumas dicas para a cirrose, que melhoram os sintomas que esta condição nos provoca. As pessoas com cirrose podem sofrer de:

  • Retenção de líquidos
  • Alterações na coagulação
  • Sangramento de varizes esofágicas
  • Impotência sexual

Dicas para a cirrose

1. Atender a uma nutrição adequada

O fígado influencia o estado nutricional das pessoas. De lá, o que consumir álcool ou certos medicamentos podem afetá-lo. Por isso, vamos ver algumas dicas para a cirrose sobre a nutrição que devemos ter em conta:

  • Não fazer refeições pesadas e comer 5 vezes ao dia, no mínimo, distribuindo corretamente os alimentos.
  • Deve-Se comer todo o tipo de alimentos.
  • A hidratação é muito importante, por isso há que tentar beber até 2 litros de água por dia.
  • Não se deve consumir qualquer bebida alcoólica mesmo em momentos pontuais.
  • Evitar comer rápido, isto favorece a uma má digestão.
Leia também:  10 práticas eficazes para aliviar dores nas costas

2. Observar as fezes

Outro dos conselhos para a cirrose é vigiar as fezes, mas também deve ser controlado pela urina. O motivo está em que a cirrose pode resultar na encefalopatia hepática, se não se eliminam as toxinas através, por exemplo, das fezes.

Para isso, há que ter uma dieta rica em frutas e vegetais. Também, o médico pode recetarnos laxantes para garantir que, ao menos, façamos uma deposição por dia.

Em relação à urina, há que atender à quantidade de vezes que temos que ir ao banheiro. Se a urina pouco, pode indicar que sofrem de retenção de líquidos. O médico-nos-á um controle para determinar se há inchaço do abdômen, a cor da urina e se há mudanças no nosso peso.

3. Cuidar da pele

 

Os problemas de pele são comuns em pacientes com cirrose. Portanto, há que atender a certos conselhos para a cirrose quando afeta a pele que serão apresentados a seguir:

  • Hidratar a pele duas vezes ao dia, pela manhã e à noite.
  • Se deve beber água suficiente para manter a pele hidratada.
  • Se há coceira na pele é aplicável, com alguma loção calmante.
  • Não se recomenda o uso de colônia sobre a pele.
  • Evitar tomar banho com água quente: melhor moderada.
  • Usar uma escova de cerdas macias pelas gengivas sangrantes.

Questões que devem ser levados em conta

Embora tenhamos tratado dos conselhos para a cirrose mais importantes, há que ter em conta, por exemplo, que quando se faz exercício físico deve ser moderado. As pessoas com cirrose podem cansaço com facilidade. Além disso, não devem fazer abdominais.

É necessário que, apesar das mudanças físicas que você possa experimentar, a pessoa com cirrose saia para a rua, vá ao cinema, interaja com seus amigos (…) às vezes, pode tender a se isolar e isso não é positivo. Recorrer a um psicólogo é uma boa ideia para esses casos.

Leia também:  10 remédios naturais para a coceira nos olhos

Se a cirrose nos surpreende em uma idade avançada, há que diminuir o risco de quedas o máximo possível. Devido aos medicamentos, é possível que se apresentem episódios de fraqueza. Usar sapatos que não aderente, usar um tapete de borracha no chuveiro ou usar um bastão pode ser de ajuda em tais casos.

A cirrose é uma doença que nos vai acompanhar toda a vida, mas com essas dicas podemos levá-la o melhor possível. Cuidando de nós, não nos isolando e tomando cuidado, nos sentiremos muito melhor.

Curar o fígado de forma natural: 10 maneiras fáceis

error: Esse conteúdo é Protegido