Bem Estar

10 remédios para dormir melhor e com mais facilidade

Para uma boa saúde e qualidade de vida é fundamental descansar a cada noite o suficiente. Não obstante, muitas pessoas, devido a vários motivos, apresentam problemas para conciliar o sono. Este problema é chamado de insônia.

A insônia é um distúrbio do sono comum. Este pode ser aguda, ou seja, de curta duração, ou crônica, de longa duração. Geralmente, é mais comum a insônia aguda.

Entre as causas mais frequentes que surge esse problema estão incluídas com o estresse no trabalho, pressões familiares ou um evento que tenha resultado traumático. De forma genérica, este dura dias ou semanas. O mais aconselhável é recorrer a um especialista para tratar o problema de forma adequada, em particular quando os sintomas se prolongam ou resultam de gravidade.

De forma adicional, é possível tratá-lo através de remédios caseiros. Não se trata de produtos que fazem milagres, mas podem ajudar a combater a insônia. Em seguida, desenvolvemos várias opções possíveis.

Insônia

Um terço de nossa vida passamos dormindo. Relaxar é fundamental para a correta recuperação energética, física e psicológica da pessoa.

A qualidade de vida de uma pessoa pode ser gravemente prejudicada sem um correto descanso. Além disso, isto pode trazer como consequência o aparecimento de doenças como a diabetes ou problemas mais graves a longo prazo.

Por isso, é importante dar-lhe uma solução eficaz e rápida para o problema.

1. Estabelece uma rotina para dormir

Manter uma rotina firme pode ser de grande ajuda. O corpo pode tender a se acostumar com o horário, de forma que ao aproximar-se a hora de dormir, comece a ter o sono.

Trata de ir para a cama à mesma hora e de acordar à mesma hora. Também é importante tentar fazer o mesmo durante os fins-de-semana. Assim, o organismo não se desequilibrará e conseguirá dormir melhor.

2. Consome mais magnésio e beba chá de camomila

Demonstrou-Se que o magnésio é um produto que pode ajudar muito a conciliar o sono. É, portanto, um remédio natural para combater a insônia. Deste modo, é bom tratar de consumir alimentos como sementes de abóbora, acelga e espinafre. Também pode recorrer a tomar um suplemento, se considerar necessário, sempre sob a supervisão de um profissional.

Por outro lado, a camomila uma bebida calmante e relaxante, que reduz a ansiedade. Uma xícara antes de dormir é o suficiente para dormir bem e com mais facilidade.

Se nós não gostamos de camomila, podemos optar por outras plantas medicinais com propriedades relaxantes. Por exemplo, a passiflora, a valeriana, a tila ou a melisa. Também podemos combiná-las ou alternar entre elas.

3. Faça mais exercício

Se você fizer desporto ou alguma atividade física, seu corpo já está satisfeito e, ao mesmo tempo, conseguirá limpar a mente. Estas são duas chaves fundamentais para dormir melhor. Não há mais desculpas para não ficar dormindo.

Além disso, o exercício tem outras vantagens para a saúde.Por exemplo, perder peso, reduzir o stress, liberar tensões, tonificar os músculos, melhorar a capacidade pulmonar e cardíaca, reduzir o colesterol, etc.

4. Pára de trabalhar quando cai o sol

Na medida do possível, trabalha até o pôr-do-sol. Assim, o corpo saberá que ao cair da noite é momento de descansar e dormir, não de seguir alerta. Aproveita essas horas para fazer o esporte, para ler, para jogar com os seus filhos, etc.

Leia também:  13 dicas que te ajudarão a levar uma vida mais feliz

Além disso, se você saiu até tarde no sábado, ou se você ficou até as duas da manhã estudando,no dia seguinte recupera aquelas horas que você não dormiu. Assim, a conta vai ficar no positivo e não alterarás tanto a rotina de seu corpo.

5. Tira uma soneca breve

Ao contrário do que as pessoas pensam, descansar durante o dia, até 20 ou 30 minutos (após o almoço) garante um melhor sono durante a noite. Esse hábito ajuda a repor as forças para poder ser mais produtivos durante a tarde.

Não obstante, não durma mais do que meia hora, porque depois desse período, corre o risco de cair nas fases mais profundas do sono. Além disso, você pode sentir-se tonto ao acordar e querer voltar a dormir.

6. Dorme sete horas seguidas a cada noite

Não podemos afirmar com esfericidade quantas são as horas em que uma pessoa precisa dormir por dia. Entre 6 e 8 é o tempo recomendado, mas tudo depende de suas atividades e necessidades.

Se você não dorme o suficiente, o corpo aumenta a produção de cortisol, o que poderia padecer de um maior estresse. Também pode sofrer resistência à insulina, o que aumenta o risco de diabetes.

7. O quarto deve ser a adequada estadia

O quarto deve ser apenas a estadia destinada ao casal e ao descanso. Qualquer outra atividade deve ser realizada em outras zonas da casa, para que o quarto possa cumprir essa única função.

Além disso, devemos procurar pesquisar o máximo bem-estar no espaço:

  • Escolha do colchão certo.
  • Escuridão total com persianas ou cortinas e sem o uso de aparelhos luminosos durante a noite.
  • A cor das paredes de cores suaves e relaxantes.
  • Silêncio absoluto, na medida do possível.
  • Evitar o uso de aparelhos eletromagnéticos.
  • Guarda-roupa confortável para dormir bem.
  • Temperatura adequada.
Leia também:  3 dicas para tratar as indesejáveis cólicas

Você deve ter em mente que, se você estiver muito quente ou aquecimento ao máximo, não só será mais difícil levantar-se pela manhã, mas as temperaturas elevadas atraí-lo ao sono intermitente. O corpo transpirará mais do que o habitual e começar a desidratar.

8. Evite certos alimentos antes de dormir

Tudo aquilo que se mantenha alerta, como a cafeína, coca-cola e as gorduras, não é aconselhável antes de ir para a cama. Na realidade, são aconselhados a não beber café depois das 18 horas.

Tampouco você deve jantar muito, porque seria contraproducente. O melhor é jantar o suficiente para não ficar com fome e que não se acorda com dor de estômago ou com ansiedade de comer qualquer coisa.

error: Esse conteúdo é Protegido